Curiosidade sobre a reciclagem dos módulos fotovoltaicos

O painel solar é composto por diversos materiais, como placas de vidro, elementos metálicos condutores e, é claro, células fotovoltaicas. Elas captam a radiação solar e transformam-na em energia elétrica, o que possibilita uma expressiva economia na conta de luz. Além da questão financeira, há muitos benefícios para o meio ambiente. Você sabia que a reciclagem dos módulos fotovoltaicos já é uma opção?

Como a durabilidade m√©dia do sistema varia de 20 a 30 anos, √© importante pensar, desde j√°, no gerenciamento do final da vida √ļtil dos componentes. A boa not√≠cia √© que h√° muitos avan√ßos que garantem uma recupera√ß√£o diferenciada dos materiais.

Para ficar por dentro, que tal conhecer as curiosidades sobre a reciclagem dos módulos fotovoltaicos?

Como é feita a reciclagem?

A tecnologia usada na energia solar para compor as placas solares permite que boa parte dos materiais seja recuperado. Isso é possível por meio da reciclagem das células fotovoltaicas e de outros componentes.

Nesse caso, todo o processo √© feito com o uso da exposi√ß√£o correta √† temperatura. A exposi√ß√£o a certas condi√ß√Ķes de calor faz com que os materiais possam ser recuperados de forma eficiente e r√°pida. J√° as placas com sil√≠cio s√£o um pouco mais complicadas. Por causa desse elemento e de seus res√≠duos, n√£o h√° a chance de utilizar o potencial t√©rmico.

Em vez disso, √© feita uma separa√ß√£o de todos os componentes. Ou seja, a placa solar √© ‚Äúdesmontada‚ÄĚ, e cada elemento √© dividido dos demais. O processo pode ser feito manualmente ou com a ajuda de recursos de automa√ß√£o. Em ambos os cen√°rios, muitos elementos podem ser at√© levados para a revenda.

Como o painel solar se compara a outros materiais na reciclagem?

Hoje, √© comum que ocorram a reciclagem e o reaproveitamento de outros materiais. Certos pl√°sticos, por exemplo, podem passar pelo processo ‚ÄĒ mas a taxa de sucesso n√£o √© t√£o grande para alguns deles.

Em contrapartida, um material que realmente se destaca é a lata de alumínio. Feita de maneira específica, ela pode ser reciclada de 90% a 93%, em média.

No entanto, a reciclagem dos módulos fotovoltaicos é ainda melhor. Segundo pesquisas, até 97% dos materiais podem ser recuperados. Na prática, quase todos os componentes podem ser usados novamente em outros processos.

O n√ļmero se deve √† facilidade para reaproveitar certos elementos. O vidro, por exemplo, pode ser 100% retornado. Do total de alum√≠nio utilizado, pode-se obter at√© 90% pela etapa. Os pol√≠meros e o sil√≠cio cristalino tamb√©m s√£o recuper√°veis em bons n√≠veis, o que melhora o desempenho geral.

Quais são os benefícios da reciclagem dos módulos fotovoltaicos?

A energia solar traz muitas vantagens, como retorno de investimento, sustentabilidade e grande durabilidade. Com o avanço da reciclagem das placas utilizadas, a tendência é que ela se torne ainda mais atraente.

A seguir, veja quais são os principais pontos positivos da reciclagem dos módulos fotovoltaicos e saiba como ela ajuda o planeta.

Diminuição dos impactos no meio ambiente

Um dos atrativos da energia solar √© o fato de ela ser limpa, oriunda de uma fonte inesgot√°vel e sem subprodutos que prejudicam a natureza. Por causa de tudo isso, √© considerada uma op√ß√£o ‚Äúverde‚ÄĚ e sustent√°vel.

A reciclagem surge para preencher essa lacuna. A recupera√ß√£o de materiais evita, em primeiro lugar, um volume elevado de lixo ou mesmo o descarte incorreto. Assim, n√£o h√° riscos de contamina√ß√£o por metais ou ac√ļmulo desenfreado.

Além disso, é um jeito de diminuir a necessidade de explorar recursos naturais. Tais pontos tornam a tecnologia especialmente sustentável e capaz de ajudar a reduzir os impactos no meio ambiente.

Melhoria do potencial econ√īmico do setor

Além de tudo, o retorno de materiais e a simplificação de processos fazem com que os negócios gastem menos e passem a ser atrativos. Com cada vez mais tecnologia, será possível aproveitar uma quantidade maior do que foi recuperado.

Os materiais poderão ser utilizados tanto em novas placas, quanto em outros componentes. Assim, não será preciso obter parte da matéria-prima, pois ela será recuperada. Isso tornará, inclusive, os processos de fabricação mais rápidos e eficientes.

Tais pontos fazem com que o setor de energia solar se torne altamente lucrativo e com grande potencial ‚ÄĒ sem, necessariamente, ficar mais caro para o consumidor. Trata-se, portanto, de algo que ajuda a consolidar a atua√ß√£o de mercado e a deixa mais atraente.

O que esperar para o futuro?

A reciclagem dos módulos fotovoltaicos, atualmente, está em pleno desenvolvimento. Como a tecnologia é relativamente recente, o processo ainda é foco de estudo. Na União Europeia, por exemplo, há parcerias de empresas e pesquisadores especialmente dedicadas à tarefa.

Já é possível utilizar o laser para recuperar o vidro, em vez de triturar parte dele, como era feito no começo. No caso do silício, há uma abordagem baseada em água. No final, dá para separar todos os componentes dos módulos.

Al√©m disso, est√£o sob estudo outras possibilidades in√©ditas para reutilizar prata, res√≠duos de sil√≠cio e o pr√≥prio material. V√°rios processos de purifica√ß√£o j√° foram desenvolvidos e eles t√™m ajudado a garantir a integridade dos ‚Äúingredientes‚ÄĚ. Com o devido aprimoramento, d√° para esperar placas solares feitas apenas com materiais reaproveitados.

Como o Brasil está um pouco atrás nesse mercado, é natural que a estrutura voltada para a reciclagem seja menor por aqui. No entanto, pesquisas já estão em andamento e o compartilhamento de resultados em todo o mundo também promete acelerar a etapa.

At√© 2050, √© poss√≠vel esperar um aumento da capacidade da energia solar para 4,5 TW (ou terawatts). Como consequ√™ncia, os materiais recuperados valer√£o 15 bilh√Ķes de d√≥lares, globalmente. Isso tornar√° a ind√ļstria uma das mais atrativas e rent√°veis, o que poder√° ampliar o interesse de forma intensa.

A reciclagem dos módulos fotovoltaicos é uma atividade que faz a energia solar ser ainda mais verde e elimina a preocupação sobre os resíduos. Com novas tecnologias e pesquisas, o painel solar pode se transformar em uma fonte de grande retorno no futuro.

Quer ficar por dentro de outras curiosidades e conhecimentos? Assine a nossa newsletter e n√£o perca nada!