Veja 6 dicas importantes para ter uma casa mais sustent√°vel

Sustentabilidade √© um tema muito discutido hoje em dia diante da necessidade em preservar o nosso planeta para as pr√≥ximas gera√ß√Ķes. N√£o existem fronteiras para a adotar medidas conscientes.

O setor de construção, por exemplo, vem se atualizando e buscando novas formas de substituir materiais e melhorar processos para uma casa mais sustentável. O principal objetivo é fazer escolhas melhores e mais conscientes, que preservem a natureza.

Separamos abaixo algumas dicas importantes para deixar a sua casa mais sustentável. Algumas você pode fazer hoje mesmo. Confira abaixo!

1. Optar por l√Ęmpadas de LED

As l√Ęmpadas s√£o utilizadas em praticamente todos os c√īmodos de uma resid√™ncia. As l√Ęmpadas de LED consomem menos energia el√©trica que l√Ęmpadas incandescentes e fluorescentes. Alguns modelos de LED podem durar mais de 100 mil horas enquanto uma l√Ęmpada fluorescente possui vida √ļtil aproximada de apenas 8 mil horas.

2. Aproveite os recursos naturais disponíveis

Ser sustentável é fazer escolhas conscientes. A casa sustentável deve estar em harmonia com o ambiente em seu entorno, aproveitando os recursos naturais. Invista em janelas para aproveitar o vento e a luminosidade natural do sol.

As correntes de ar naturais diminuem os gastos com ventilador e ar-condicionado no ver√£o. J√° a ilumina√ß√£o natural diminui o uso das l√Ęmpadas artificiais.

Do lado de fora também podemos utilizar medidas simples para garantir conforto térmico. Pinturas claras nas paredes externas são mais indicadas, pois não retém tanto o calor do sol como as tintas escuras.

Outra forma de aproveitar os recursos naturais √© plantando √°rvores e plantas. Por exemplo, as √°rvores frut√≠feras fornecem sombra, frutas e ajudam a controlar o aquecimento global. √Č uma forma de manter a natureza por perto com v√°rios benef√≠cios e quase nenhum custo.

Além de árvores, outra ideia interessante é reservar um espaço para uma horta e composteira. Levando em consideração que uma pessoa produz em média de 800 gramas a 1 quilo de lixo por dia, esta medida gera benefícios como a redução da produção de lixo.

O lixo org√Ęnico poder√° se transformar em adubo, que pode ser colocado nos jardins e hortas da casa para complementar a alimenta√ß√£o da fam√≠lia, economizando os recursos naturais e financeiros ao mesmo tempo.

3. Desligar os aparelhos elétricos em modo standby

O modo standby é quando o aparelho elétrico fica com aquela luz vermelha acesa. Ele não está ligado completamente mas também não está desligado, é como se fosse um repouso. Mesmo que o eletrodoméstico não gaste tanto como um chuveiro, ele gasta energia de forma desnecessária por estar em stand by.

O relógio do micro-ondas, o Wi-Fi ligado a noite toda, a televisão e o computador em standby o dia inteiro ou o celular conectado no carregador durante a noite. Todos esses exemplos acabam aumentando os gastos de energia sem necessidade. Desligue os aparelhos para economizar.

Outra maneira de tornar a casa sustentável é optar por aparelhos elétricos que tenham o selo do Procel indicando os equipamentos que consomem menos energia.

4. Evitar o desperdício de água

A água é utilizada em diversas atividades no dia a dia. Ela é utilizada para cozinhar, lavar o quintal, carro, descarga e muito mais. Entretanto, nem todas as atividades citadas exigem que a água utilizada seja potável.

Por exemplo, a água da descarga não precisa ser a água mais limpa. Podemos utilizar a água que sai da máquina de lavar que já tem sabão ou até mesmo a água da chuva.

Para transformar a sua casa em uma casa sustentável, você pode optar por instalar um sistema de captação de água da chuva, além de trocar os antigos vasos sanitários por novos que possuem dois tipos de descarga.

Todas essas medidas ajudam na redução do consumo de água e consequentemente os custos com a conta.

5. Investir em energia solar

A energia solar é um tipo de energia limpa e renovável. A energia elétrica é gerada pelos painéis solares instalados no telhado da casa. Dessa forma, os gastos com energia elétrica diminuem em até 95% e o excedente ainda pode ser convertido em créditos pela concessionária de energia.

A energia solar vem crescendo no Brasil e os pre√ßos est√£o cada vez mais acess√≠veis para instala√ß√Ķes em resid√™ncias e pequenas empresas, com diversas linhas de financiamento dispon√≠veis.

6. Escolha os materiais da sua casa sustent√°vel

Para que a sua casa seja sustentável é preciso ter responsabilidade na escolha dos materiais desde a fase da construção até a decoração. Durante a construção podemos optar por materiais como o concreto verde, que emite menos CO2 e é mais resistente que o concreto convencional.

Existem materiais certificados que garantem o comprometimento com o selo verde. Na hora de decorar a casa, escolha objetos que possam ser reaproveitados caso haja uma reforma ou mudança.

Por exemplo, antigamente era muito comum ver pisos de madeira natural. Se esse for o seu sonho, hoje em dia existem pisos que imitam muito bem a madeira. Ainda assim, se a vontade for de ter madeira verdadeira, opte por comprar em locais que fazem o desmatamento em √°reas apropriadas.

Tornar a casa sustentável depende das nossas escolhas. A maioria das dicas sugeridas demandam de pouco de tempo e dedicação, mas o resultado final é saber que a nossa parte está sendo feita. Se cada um fizer um pouco pelo planeta o todo será muito.

Além da responsabilidade ambiental, adotar as medidas para ter uma casa mais sustentável gera benefícios como a redução das contas de água e luz e melhoria na qualidade de vida.

Gostou do que acabou de ler? Compartilhe esse conte√ļdo nas suas redes sociais e ajude mais pessoas a terem casas sustent√°veis com as nossas dicas!